RELER OS GREGOS

Uma introdução ao trágico pelo Professor Dr. José Pedro Serra

No TNDM II a 2 de Março de 2010

Foi em Atenas, no século V a.C., embora as suas origens recuem ao século VI a.C., que a tragédia se afirmou como uma das mais poderosas realizações do espírito, constituindo um dos principais legados da Grécia antiga. Tragédia e trágico são termos de extensão indomável, tal a diversidade de sentidos que arrastam e a densidade de universos que evocam. A partir do momento em que os gregos inventaram as representações trágicas, muitos foram ao longo do tempo os que, dela a seu modo se apropriando, reconheceram na tragédia a mais grandiosa e sublime forma de expressão literária. Os séculos XIX e XX assistiram a um poderoso regresso do trágico; neste passado recente, não poucos foram os homens que reconheceram na tragédia o desenho do traço que melhor e mais autenticamente diz a nossa humana condição, as nossas mais agudas e agrestes dores, as nossas alegrias mais puras e heróicas.

Reler os tragediógrafos gregos, ÉSQUILO, SÓFOCLES e EURÍPIDES, significa, então, não apenas regressar ao momento histórico em que a cosmovisão trágica foi esculpida, mas, mais importante, retomar e habitar perguntas que ainda nos envolvem e decisivamente nos dizem. Neste olhar para o trágico dirigido encontram-se palavras antigas e perplexidades modernas, ecos em que os tempos se misturam.

Teatro da Politécnica

rui castanho prog ARTISTA DO MÊS
Rui Castanho
dedalo prog DÉDALO
de 17 a 27 de Janeiro
9anos depois prog 9 ANOS DEPOIS a partir da Ilíada
de 7 a 17 de Fevereiro

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu e INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

O GRANDE DIA DA BATALHA prog O GRANDE DIA DA BATALHA variações sobre o ALBERGUE NOCTURNO de Máximo Gorki
No Teatro Nacional D. Maria II de 18 de Janeiro a 25 de Fevereiro
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
Na Biblioteca da Imprensa Nacional
5 de Fevereiro de 2018: Alberto de Lacerda por Jorge Silva Melo e Nuno
2 de Abril de 2018: Adolfo Casais Monteiro por Jorge Silva Melo e Luís Lucas
9 de Maio de 2018: Gomes Leal por Jorge Silva Melo e Manuel Wiborg

Livrinhos de Teatro

capa114

SEM ALARDE
de Owen McCafferty
Livrinhos de Teatro nº114 Artistas Unidos/Cotovia

Livraria online »»

Subscrever Newsletter