HERBERTO HELDER

Herberto Helder nasce em 1930, no Funchal. Em 1948 matricula-se na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, e em 1949 muda-se para a Faculdade de Letras da mesma instituição, para o curso de Filologia Românica sem, no entanto, terminar os seus estudos. Nos anos 50 frequenta o grupo do Café Gelo, dando-se com nomes como Mário Cesariny, Luis Pacheco ou João Vieira. Colaborou em vários periódicos tais como Pirâmide, Távola Redonda, Jornal de Letras e Artes. Publica o seu primeiro livro em 1958, O Amor em Visita e em 1964 organiza o primeiro caderno antológico de poesia experimental com António Aragão, um dos marcos da história da poesia portuguesa. Morreu em Cascais, em 2015.

Teatro da Politécnica

emilia prog EMÍLIA
de 11 de Setembro a 19 de Outubro
   

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, 212473972, www.bol.pt, Fnac, Worten, CTT, El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, Serveasy, Pagaqui. Para INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
Biblioteca da Imprensa Nacional (Rua da Escola Politécnica)

23 de Setembro – Mário Cesariny por Maria João Luís e Jorge Silva Melo
11 de Novembro – José Gomes Ferreira por João Meireles (distribuição em curso)

EM VOZ ALTA prog EM VOZ ALTA
os nossos poetas leituras de poesia portuguesa pelos Artistas Unidos

Livrinhos de Teatro

K 126 Max Frisch

O SENHOR BIEDERMANN E OS INCENDIÁRIOS / ANDORRA
De Max Frisch
Livrinhos de Teatro nº 126 Artistas Unidos/Cotovia

Livraria online »»

Subscrever Newsletter