PAULO CLARO

paulo_claro_aTerminou em 1993 a Escola do Centro Cultural de Évora tendo-se estreado em Da Manhã à Meia Noite de Georg Kaiser (encenação de Valentim Lemos), após o que, continuando no Centro Dramático de Évora, interpretou o Auto da Lusitânia de Gil Vicente (encenação de Mário Barradas), Seis Rapazes, Três Raparigas de Jorge Silva Melo, Cornos de D. Friolera de Valle-Inclán (encenação de Alvarez Osorio) e O Barbeiro de Sevilha de Beaumarchais (encenação de Luís Varela). Fez no Teatro Experimental do Porto A Paixão do Jardineiro de Jean Pierre Sarrazac (encenação de Fernando Mora Ramos). No Teatro da Malaposta integrou o elenco de Traduções de Brian Friel (enc.: Antonino Solmer). Trabalhou com Jean Jourdheuil em Germania 3 de Heiner Müller e com Rosa Coutinho Cabral em O Príncipezinho de Saint-Exupéry. Estreou-se no cinema em Unexpected (C.M.) de Vítor Moreira e participou em António, Um Rapaz de Lisboa de Jorge Silva Melo. Na televisão participou em Camilo e Filho e em O Diário de Maria. Na Glória do Ribatejo fundou o grupo de teatro Os Rapazes da Aldeia com quem encenou Desencosta-te da Parede estreado na Casa do Povo da Glória do Ribatejo a 21 de Abril de 2000. Paulo Claro morreu na madrugada de 5 de Maio de 2001 num acidente de estrada perto da Glória do Ribatejo. Ensaiava nessa altura o papel de Merik em Na Estrada de Anton Tchékhov com encenação de Jorge Silva Melo e estreia prevista para 17 de Maio n´a Capital.

Nos Artistas Unidos:
1995 - ANTÓNIO, UM RAPAZ DE LISBOA de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Fundação Calouste Gulbenkian).
1996 - PROMETEU-RASCUNHOS de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Festival de Almada); O FIM OU TENDE MISERICÓRDIA DE NÓS de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Culturgest).
1997 - PROMETEU - RASCUNHOS de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro da Comuna); PROMETEU AGRILHOADO/ LIBERTADO de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro da Trindade); NUM PAÍS ONDE NÃO QUEREM DEFENDER OS MEUS DIREITOS, EU NÃO QUERO VIVER de Jorge Silva Melo (Festival X - Espaço Ginjal).
1998 - A TRAGÉDIA DE CORIOLANO de Shakespeare, encenação de Jorge Silva Melo (Rivoli Teatro Municipal do Porto); A QUEDA DO EGOÍSTA JOHANN FATZER de Bertolt Brecht, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Variedades); Leitura de A DECISÃO de Bertolt Brecht (Universidade de Évora).
1999 - NA SELVA DAS CIDADES de Bertolt Brecht, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro da Comuna); TORQUATO TASSO de Goethe, encenação de Jorge Silva Melo (Fundação Calouste Gulbenkian).
2000 - VAI VIR ALGUÉM de Jon Fosse, encenação de Solveig Nordlund (A Capital Teatro Paulo Claro); NÃO SEI de Miguel Borges (A Capital Teatro Paulo Claro); O NAVIO DOS NEGROS de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Culturgest); RUÍNAS de Sarah Kane. encenação de Jorge Silva Melo e Paulo Claro (A Capital Teatro Paulo Claro).
2001
- PRIMEIRO AMOR de Samuel Beckett, um trabalho de Miguel Borges (A Capital Teatro Paulo Claro); LONGE de Rui Guilherme Lopes, encenação de Pedro Carraca (A Capital Teatro Paulo Claro).

Teatro da Politécnica

monica coelho prog ARTISTA DO MÊS
Mónica Coelho
a vertigem dos animais prog A VERTIGEM DOS ANIMAIS ANTES DO ABATE
de 13 de Setembro a 28 de Outubro
xana labirintoX001 prog LABIRINTO X001
de 13 de Setembro a 28 de Outubro
jardim zoologico de vidro 10 prog JARDIM ZOOLÓGICO DE VIDRO
de 8 a 18 de Novembro

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu e INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

jogadores de pau miro prog JOGADORES de Pau Miró
Na RTP2, 23 de Setembro às 22h00
jardim zoologico de vidro 10 prog JARDIM ZOOLÓGICO DE VIDRO
Na Guarda, no Teatro Municipal da Guarda a 4 de Novembro
Em Estarreja, no Cine-Teatro de Estarreja a 2 de Dezembro
Em Ponte de Lima, no Teatro Diogo Bernardes a 8 de Dezembro
a arte em imagens 1 A ARTE DAS IMAGENS
De janeiro de 2017 a janeiro de 2018 nos primeiros domingos de cada mês, às 15h30, a Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva exibe os filmes produzidos pelos Artistas Unidos sobre artistas plásticos.

Livrinhos de Teatro

assinaturas 2018 fundo

Assinaturas Livrinhos de Teatro 2018

Assinar »»

Subscrever Newsletter