JOHN MILINGTON SYNGE

CRONOLOGIA

jmsynge

1871 Nasce em 16 de Abril, em Rathfarnham, Dublin, o mais novo de cinco filhos numa família conservadora anglo-irlandesa (protestante).

1872 Morte do pai.

1879 Fundação da Liga da Terra. Grandes tumultos na Irlanda rural.

1884 Fundação da Associação Atlética Gaélica, que tem como objectivo promover os desportos tradicionais irlandeses.

1889 Estuda literatura no Trinity College, em Dublin, e violino na Royal Irish Academy of Music.

1892 Termina os estudos de irlandês e hebraico no Trinity College. Douglas Hyde lança o manifesto A necessidade de des-anglicizar a Irlanda.

1893 Estuda música na Alemanha (Koblenz e Würzburg). Fundação da Liga Gaélica, que tem como objectivo promover o uso do gaélico.

1895 Estuda, em Paris, literatura francesa (na Sorbonne) e fonética (na École Pratique des Hautes Études).

1896 Passa quatro meses em Itália (Roma e Florença), estudando a língua e história de arte. Prossegue os estudos na Sorbonne, Paris. Em Paris, conhece W.B. Yeats que o aconselhou: "Vá-se embora de Paris. Nunca criará nada a ler Racine, e Arthur Symons será sempre o melhor critico de litearatura francesa. Vá para as ilhas Aran. Viva lá, como se fosse um dos seus habitantes; vá dar expressão a uma vida que nunca a encontrou.”

1897 Participa no comício inaugural da Association Irlandaise dirigida por Maud Gonne; resigna três meses depois. Primeiros sintomas da doença de Hodgkin.

1898 Em Paris, estuda as civilizações homérica e irlandesa com o historiador e filologo d´Arbois de Jubainville. No verão, primeira visita às Ilhas Aran (Innishmore, Innishmaan e Inisheer), que irão marcar toda a sua poética.

1899 Assiste à estreia da Condessa Cathleen de Yeats, produção inaugural do Irish Literary Theatre. É esta associação de escritores e artistas (onde pontificam Lady Gregory e Yeats) que irá dar origem, em 1904, ao Abbey Theatre, cuja história se confunde com a independência da Irlanda e da sua cultura. Volta às Ilhas Aran.

1900 Visita de novo as Ilhas Aran.

1901 Quarta e última visita às Ilhas Aran. Assiste à estreia da primeira produção profissional de uma peça em irlandês, Casadth an t´Sugan de Douglas Hyde.

1902 Prossegue os estudos de velho irlandês no Collège de France (Paris) com d´Arbois de Jubainville. Escreve as peças em um acto Riders To The Sea (Cavalgada Para o Mar), The Shadow of The Glen (A Sombra da Ravina) e um primeiro esboço de The Tinker´s Wedding (O Noivado do Funileiro.

1903 Conhece James Joyce em Paris. A sua primeira peça, A Sombra da Ravina é estreada em Dublin pela Irish National Theatre Society. O escândalo leva ao encerramento da Associação.

1904 Estreia de Cavalgada Para o Mar; abertura do Abbey Theatre dirigido por Lady Gregory e W.B. Yeats. Synge assume um lugar na direcção literária.

1905 Estreia de The Well of The Saints (O Poço dos Santos) no Abbey Theatre.

1906 O Poço dos Santos estreia no Deutshes Theater de Berlim; e A Sombra da Ravina em Praga. Noivado com a actriz Molly Algood.

1907 26 de Janeiro : The Playboy Of The Western World estreia no Abbey Theatre em Dublin, com W.G. Fay e Maire O`Neill nos protagonistas. O espectáculo desencadeou violentos motins por toda a cidade. Foi no segundo acto, a partir da entrada do Velho Mahon, que as reacções se fizeram sentir.

Naquele sábado, 26 de Janeiro de 1907 estava eu a dar uma aula em Aberdeen e entregaram-me um telegrama que dizia, “Peça Grande Grande Sucesso”. Tinha sido enviado de Dublin no fim do primeiro acto da estreia de O Campeão do Mundo Ocidental. Já passava da uma da manhã quando o meu anfitrião levou ao meu quarto este segundo telegrama, “Público arma desordem à palavra shift (*).” Não soube mais nada até ler os jornais de Dublin na terça de manhã, durante a viagem de Belfast para Dublin. Na segunda à noite, nem uma palavra da peça se ouviu. Uns quarenta rapazes tinham-se sentado nas filas da frente, junto ao fosso de orquestra, e patearam, gritaram e tocaram cornetas desde a subida ao cair do pano. Na terça à noite, os quarenta rapazes também estiveram lá. Queriam silenciar aquilo que consideravam ser um insulto para as mulheres irlandesas. As mulheres irlandesas jamais dormiriam sob o mesmo tecto que um rapaz sem companhia, nem admirariam um assassino, nunca usariam uma palavra como shift, nem ninguém consegue reconhecer os camponeses e camponesas de Davis e Kickham nestas pessoas poéticas, violentas e grotescas, que usam o nome de Deus com tanta liberdade, e falam que tudo o que lhes apetece.
J.M. Synge

(*) combinação, roupa interior feminina, em calão beijo ou cópula.

Mas o Playboy virá, daí a poucos anos, a ser uma das obras mais populares do Abbey Theatre, tendo os protagonistas sido interpretados por todos os grandes actores irlandeses, Sara Algood (irmã de Maire O`Neill), Siobhán McKenna, Brid Lynch, Cyril Cusack (a partir de 1936, e ainda em 1954 na triunfal apresentação no Festival do Théâtre des Nations, Paris – no mesmo ano em que o Berliner apresentava a Mãe Coragem), até Burgess Meredith e Mildred Natwick na Broadway e recentemente Cillian Murphy ou o maravilhoso Aaron Monaghan na extraordinária montagem (2008) da Druid Theatre (enc.. Garry Hines) que veio renovar a curiosidade desta peça seminal.

Publicação de O Noivado do Funileiro. E sobretudo do livro de viagens The Aran Islands (As Ilhas Aran) que viria a marcar o grande realizador Robert Flaherty no seu Man of Aran (1934) e a trágica viagem de Antonin Artaud à Irlanda.

1908 Dirige, no Abbey Theatre, Teja de Sudermann e As Artimanhas de Scapin de Molière, em traduções de Lady Gregory. Morte da mãe.

1909 Morre, aos 38 anos, da doença de Hodgkin. O Campeão, A Sombra da Ravina e Cavalgada Para o Mar estreiam em Londres. Estreia absoluta de O Noivado do Funileiro em Londres, no His Majesty´s.

1910 Deirdre of The Sorrows (peça inacabada) estreia no Abbey Theatre com Molly Algood na protagonista. Yeats escreve o artigo Synge e a Irlanda do Seu Tempo. Primeira publicação das Obras Completas (teatro, ensaio, poesia, notas de viagem)

1911 A digressão do Playboy pelos EU volta a provocar enormes distúrbios. Eugene O´Neill manifesta a sua admiração por Synge.

1912 Der Held des Western Lands é apresentado triunfalmente em Berlim e em Viena nos teatros dirigidos por Max Reinhardt.

1913 Le Baladin du Monde Occidental estreia no Théâtre de l´Oeuvre em Paris, com tradução de Maurice Bourgeois e encenação de Lugnè-Poe. Estreia assim saudada por Guillaume Apollinaire nas Soirées de Paris : “Os poetas sempre quiseram matar os pais, só que não é tarefa fácil; olhando para a plateia, pensei: demasiados pais, poucos filhos.” Esta produção foi refeita em 1921, e terá desencadeado o interesse apaixonado de Marcel Herrand, os Pitoeff e sobretudo de Antonin Artaud que, em 1937, haveria de visitar as Ilhas Aran e assim declarou o seu interesse: “Não se trata de um projecto literário, nem académico nem museológico. É para mim vital chegar até às terras onde John MIllington Synge viveu, ser recebido por aquela gente, ser reconhecido como sendo um deles.”

Teatro da Politécnica

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu e INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

jardim zoologico de vidro 10 prog JARDIM ZOOLÓGICO DE VIDRO
Em Estarreja, no Cine-Teatro de Estarreja a 2 de Dezembro
Em Ponte de Lima, no Teatro Diogo Bernardes a 8 de Dezembro
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
Na Biblioteca da Imprensa Nacional
5 de Fevereiro de 2018: Alberto de Lacerda por Jorge Silva Melo e Nuno
2 de Abril de 2018: Adolfo Casais Monteiro por Jorge Silva Melo e Luís Lucas
9 de Maio de 2018: Gomes Leal por Jorge Silva Melo e Manuel Wiborg
a arte em imagens 1 A ARTE DAS IMAGENS
De janeiro de 2017 a janeiro de 2018 nos primeiros domingos de cada mês, às 15h30, a Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva exibe os filmes produzidos pelos Artistas Unidos sobre artistas plásticos.

Livrinhos de Teatro

assinaturas 2018 fundo

Assinaturas Livrinhos de Teatro 2018

Assinar »»

Subscrever Newsletter