ANTÓNIO SIMÃO

antonio_simao_a Tem os cursos do IFICT (1992) e IFP (1994). Trabalhou com Margarida Carpinteiro, António Fonseca, Aldona Skiba-Lickel, Ávila Costa, João Brites, Melinda Eltenton, Filipe Crawford, Joaquim Nicolau, Antonino Solmer e Jean Jourdheuil. Integra os Artistas Unidos desde 1995.

Nos Artistas Unidos:
1995 - ANTÓNIO, UM RAPAZ DE LISBOA de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Fundação Calouste Gulbenkian).
1996 - O FIM OU TENDE MISERICÓRDIA DE NÓS de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Culturgest).
1997 - PROMETEU AGRILHOADO/LIBERTADO de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro da Trindade).
1998 - A QUEDA DO EGOÍSTA JOHANN FATZER de Bertolt Brecht, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Variedades); O PESCADOR À LINHA de Jaime Salazar Sampaio (SEM DEUS NEM CHEFE 1).
1999 - NA SELVA DAS CIDADES de Bertolt Brecht, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro da Comuna).
2000 - O NAVIO DOS NEGROS de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Culturgest).
2001 - SONHO DE OUTONO de Jon Fosse, encenação de Solveig Nordlund (A Capital Teatro Paulo Claro); OS IRMÃOS GEBOERS de Arne Sierens, encenação de Jorge Silva Melo (A Capital Teatro Paulo Claro); A HISTÓRIA DO ESCRIVÃO BARTLEBY de Francisco Luís Parreira, encenação de João Meireles (A Capital Teatro Paulo Claro); E DEPOIS (BAL TRAP) de Xavier Durringer, encenação de Gilles Lefeuvre - Kiraly (A Capital Teatro Paulo Claro).
2002 - MOUCHETTE de Arne Sierens, encenação de Pedro Carraca (Voruit - Gent / Voz do Operário).
2003 - BAAL de Bertolt Brecht, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Viriato); VICTORIA STATION, de Harold Pinter, um trabalho de Rogério Vieira e António Simão (Teatro Taborda); T1 de José Maria Vieira Mendes, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Taborda); CADA DIA A CADA UM A LIBERDADE E O REINO (Sala do Senado da Assembleia da República); VIVE QUEM VIVE, de Jacques Prévert, um trabalho de António Simão e Joana Bárcia (Teatro Taborda).
2004 - TERRORISMO dos Irmãos Presniakov, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Taborda); A NOITE CANTA OS SEUS CANTOS, de Jon Fosse, encenação de João Fiadeiro (Teatro Taborda); MADE IN CHINA de Mark O´Rowe, encenação de António Simão (Teatro Taborda); DOIS IRMÃOS de Fausto Paravidino, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Taborda); NO PAPEL DA VÍTIMA dos Irmãos Presniakov, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Nacional D. Maria II).
2005 - MARCADO PELO TIPEX de Antonio Onetti, encenação de  João Meireles (Teatro Taborda); INVERNO de Jon Fosse, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Taborda); CONFERÊNCIA DE IMPRENSA E OUTRAS ALDRABICES de Harold Pinter, Antonio Tarantino, Arne Sierens, Antonio Onetti, Davide Enia, Duncan McLean, Enda Walsh, Finn Iunker, Irmãos Presniakov, Jon Fosse, José Maria Vieira Mendes, Jorge Silva Melo, Juan Mayorga, Letizia Russo, Marcos Barbosa, Miguel Castro Caldas, Spiro Scimone, uma canção de Boris Vian e outros ainda, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Nacional D. Maria II).; MUSIC-HALL de Jean-Luc Lagarce encenação de François Berreur (Centro Cultural de Belém); A FÁBRICA DE NADA de Judith Herzberg, encenação de Jorge Silva Melo (Culturgest), OS ANIMAIS DOMÉSTICOS de Letizia Russo, encenação de Jorge Silva Melo (Convento das Mónicas).
2006 -A MATA de Jesper Halle, encenação Franzisca Aarflot ( Teatro Municipal de Almada).
2007 -LILÁS de Jon Fosse, encenação João Miguel Rodrigues ( CCB); HAMELIN de Juan Mayorga, encenação colectiva (Convento das Mónicas); MECENAS, MECENAS (Fundação Calouste Gulbenkian).
2008 - ACAMARRADOS de Enda Walsh (Centro Cultural da Malaposta); ISTO NÃO É UM CONCURSO (Instituto Franco-Português); NORUEGA-LISBOA-NORUEGA (Fundação Calouste Gulbenkian;São Luiz Teatro Municipal).
2009 - ESTA NOITE IMPROVISA-SE de Luigi Pirandello, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Nacional D. Maria II); UMA SOLIDÃO DEMASIADO RUIDOSA de  Bohumil Hrabal (FESTIVAL DE LÍNGUA PORTUGUESA - FESTLIP; Rede SESC RIO DE TEATROS - Rio de Janeiro - Brasil); SEIS PERSONAGENS À PROCURA DE AUTOR de Luigi Pirandello, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Municipal São Luiz); ANA de José Maria Vieira Mendes, encenação de Jorge Silva Melo (CCB).
2010 - a partir de Sófocles, encenação de Jorge Silva Melo (TNDM II); COMEMORAÇÃO de Harold Pinter, encenação de Jorge Silva Melo (CCB); A CHEGADA DE AGAMEMNON na ORESTEIA de Esquilo, ensaio aberto dirigido por Jorge Silva Melo (TEIA 2010 | TNDM II); FALA DA CRIADA DOS NOAILLES QUE NO FIM DE CONTAS VAMOS DESCOBRIR CHAMAR-SE TAMBÉM SÉVERINE NUMA NOITE DO INVERNO de 1975, EM HYÈRES de Jorge Silva Melo (Culturgest).
2011 - UM HOMEM FALIDO (Un Homme en Faillite) de David Lescot, encenação de António Simão (Instituto Francês); O TORNO de Luigi Pirandello (Antena 2); TRÊS AUTORES CATALÃES EM LISBOA (TNDM II); DA REPÚBLICA E DAS GENTES de Manuel Gusmão e Jorge Silva Melo (TNDM II); NÃO SE BRINCA COM O AMOR de Alfred de Musset, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Viriato); À PORTA FECHADA de Jean Paul Sartre (Antena 2); POR TUDO E POR NADA de Nathalie Sarraute (Antena 2); A FARSA DA RUA W de Enda Walsh (Teatro da Politécnica).
2012 - A MORTE DE DANTON de Georg Büchner, encenação de Jorge Silva Melo (CCVF /TNDMII); OS CAPRICHOS DA MARIANNE de Alfred de Musset (Palácio Fronteira); FELIZ ANIVERSÁRIO de Harold Pinter, encenação Jorge Silva Melo (Teatro da Politécnica).
2013 - A ESTALAJADEIRA de Carlo Goldoni, encenação de Jorge Silva Melo (TNSJ); O CAMPEÃO DO MUNDO OCIDENTAL de J. M. Synge, encenação de Jorge Silva Melo (TNDM II); SALA VIP de Jorge Silva Melo, encenação Pedro Gil (Culturgest).
2014 - PUNK ROCK de Simon Stephens, encenação de Pedro Carraca (Teatro da Politécnica); A MODÉSTIA de Rafael Spregelburd, encenação de Amândio Pinheiro (Teatro da Politécnica); A CASA DE RAMALLAH de Antonio Tarantino, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro da Politécnica).
2015 - OS ACONTECIMENTOS de David Greig, encenação de António Simão (Teatro da Politécnica).
2017 - A ESTUPIDEZ de Rafael Spregelburd, encenação de João Pedro Mamede (Teatro da Politécnica).

Teatro da Politécnica

andre mil homens prog ARTISTA DO MÊS
André Mil-Homens
marcha invencivel prog MARCHA INVENCÍVEL
de 14 a 29 de Abril
o cinema 5 prog O CINEMA
de 3 de Maio a 3 de Junho

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu e INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

a noite da iguana prog 2 A NOITE DA IGUANA
No Cine-Teatro Louletano a 31 de Março
na margem de la prog NA MARGEM DE LÁ - UM SEMINÁRIO
No Teatro Nacional D. Maria II de 4 de Março a 20 de Maio
jardim zoologico de vidro 10 prog JARDIM ZOOLÓGICO DE VIDRO
Em Torres Novas, no Teatro Virgínia, a 8 de Abril
Em Almada, no Teatro Municipal Joaquim Benite 19 de Maio às 21h30
Em Castelo Branco, no Cine-Teatro Avenida, a 16 de Junho às 18h30
Na Póvoa de Varzim, no Cine-Teatro Garrett, 3 de Junho às 22h00

Livrinhos de Teatro

capa103 FARMÁCIA DE SERVIÇO e outras peças em um acto
de Eduardo de Filippo
Livrinhos de Teatro nº 103 Artistas Unidos / Cotovia
Livraria online »»

Subscrever Newsletter