ANA VIEIRA

Nasceu em Coimbra em 1940, cresceu na ilha de S. Miguel, nos Açores e vive e trabalha em Lisboa. O seu trabalho tem sido apresentado desde 1965, através de várias exposições colectivas e individuais. Juntamente com outros artistas portugueses, na década de 70 e 80, participou em várias exposições em Roma, Paris, Bolonha, Belgrado, Milão e São Paulo.
Foi uma das artistas convidadas a participar na Alternativa O – Tendências Polémicas na Arte Portuguesa Contemporânea organizada por Ernesto de Sousa em 1977 e em 1998 a Fundação de Serralves dedicou-lhe uma exposição antológica. O seu trabalho está representado em diversas colecções públicas e privadas, entre as quais destacamos as colecções da Fundação de Serralves, do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, da Fundação EDP, da Portugal Telecom e a Colecção Berardo.
Para Mais Informações www.anavieira.com

1968 – Galeria Quadrante, Lisboa.
1971 – Galeria Quadrante, Lisboa.
1972 – Galeria Dois, Porto;
- Ambiente, Galeria Ogiva, Óbidos;
- Galeria A Teia, Ponta Delgada, Ilha de São Miguel, Açores;
- Galeria Maestro Francisco Lacerda, Vila das Velas, Ilha de São Jorge, Açores;
- Galeria Degrau, Angra do Heroímo, Ilha Terceira, Açores;
- Galeria Gávea, Vila do Porto, Ilha de Santa Maria, Açores. 
1973Ambiente, A.R.C.O – Centro de Arte e Comunicação, Lisboa.
1974 – Galeria Judite Dacruz, Lisboa.
1977 Janelas, Diaporama apresentado no Pequeno Auditória da Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa.
1978 – Projecto Ocultação – Desocultação, Galeria Quadrum, Lisboa.
1981 – Galeria CAPC e Galeria Espaço Branco, Circulo de Artes Plásticas de Coimbra, Coimbra.
1982 Corredor, Galeria Quadrum, Lisboa.
- Estendal – Textural, Ciclo e Percurso, Museu Nacional do traje, Lisboa.
1986Transbordagem, Museu Nacional do Traje, Lisboa.
1991Diário de Cinco Dias, Centro Nacional de Cultura, Lisboa.
1995Constelação Peixes, instalação no Vulcão dos Capelinhos, integrada no Simpósio Internacional Multimédia, Faial, Horta, Açores;
- Sala de Jantar, Museu José Malhoa, Caldas da Rainha, Portugal.
1997 – Ensaio para uma Paisagem, Sala do Veado, Museu Nacional de História Natural, Lisboa.
1998A Dança, Teatro São João, Porto;
- Exposição Antológica, Fundação Serralves, Porto.
2001Pronomes, Galeria Quadro Azul, Porto;
- Pronomes, Galeria Franco Steggink – Cultura Contemporânea, Ilha de São Miguel, Açores.
2002Antecâmara, Galeria Giefarte, Lisboa.
2004Casa Desabitada, Rua N. Senhora de Fátima, Porto;
Close Up, galeria Graça Brandão, Porto;
Close Up, Galeria Promontário, Lisboa.
2006Serralves em Coimbra, Fundação de Serralves, Coimbra.
2011 - Muros de Abrigo, Fundação Calouste Gulbenkian, CAM, Lisboa.

Colecções Colectivas
1965 – Exposição Estímulo, SNBA, Lisboa.
1966Exposição de Maio, SNBA, Lisboa;
- Exposiçao de Novembro, Desenho e Gravura, SNBA, Lisboa.
1967Exposição de Maio, SNBA, Lisboa;
- Imagem Não Imagem, Galeria Quadrante, Lisboa;
1968O Objecto, Galeria Quadrante, Lisboa;
- Exposição de Arte Moderna, Museu José Malhoa, Caldas da Rainha.
1970Exposição Mobil de Arte, SNBA, Lisboa.
1971Colectiva Quadrante, Galeria Alvarez, Porto;
- 17 Novos Autores, Galeria Judite Dacruz, Lisboa;
- Exposição de Verão, SNBA, Lisboa;
- V Exposição Retrospectiva das Galerias, SNBA, Lisboa;
- Homenagem a Josefa de Óbidos, Galeria Ogiva, Óbidos.
1972 – Expo AICA, SNBA, Lisboa;
- 20 Artistas Plásticos, Palácio D. Manuel, Évora;
- Exposição 72, SNBA, Lisboa.
1973Exposição 73, SNBA, Lisboa.
1974 – Expo AICA, SNBA, Lisboa;
- Exposição de Gravura, SNBA, Lisboa.
1975Figuração- Hoje?, SNBA, Lisboa;
- Gravure Portugaise Contemporaine, Centre Culturel Portugais, Fundation Calouste Gulbenkian, Paris;
- Ana Vieira, Eduardo Nery, Francisco Aquino – 20 serigrafias, Museu Carlos Machado, Ponta Delgada, São Miguel, Açores;
- Exposição de Gravura Portuguesa Contemporânea, organizada em colaboração com a Galeria Módulo – Centro Difusor de Arte, Porto, Viana do Castelo, Paços do Concelho de Aveiro, C.A.A.O.
1976Arte Portoghese Contemporanea, Galleria Nazionale d’Arte Moderna, Roma;
- Art Portugais Contemporain, Museé d’Art Moderne da la Ville de Paris, Paris;
- Gravura Portuguesa Contemporânea, SNBA, Lisboa;
- 20 Anos de Gravura, Fundação Calouste Gulbenkian;
- Arte Moderna Portuguesa, SNBA, Lisboa.
1977Alternativa Zero – Tendências Polémicas na Arte Portuguesa Contemporânea, Galeria nacional de Arte Moderna, Lisboa;
- Arte Fiera, Bolonha;
- Exposição de Artistas Portugueses Presentes na Feira Internacional de Arte de Bolonha, Galeria Quadrum, Lisboa;
- A Fotografia na Arte Moderna Portuguesa, Centro de Arte Contemporânea, Lisboa, Museu Nacional Soares dos Reis, Porto, e SNBA, Lisboa;
- Artistas Portuguesas, SNBA, Lisboa;
- Portuguese Paintings and Prints, Museu de Arte Moderna, Belgrado.
1978 11 Artisti Portuguesi D’Oggi, Laboratório, Milão;
- Panorama da Galerias, Centro Nacional de Arte Moderna, Lisboa;
- Artistas Portuguesas, SNBA, Lisboa.
1980Artistes Portugaises aux Museées de Mans, Mans.
1981 – 25 Artistas Portugueses de Hoje, Museu de Arte Contemporânea da U.S.P., São Paulo, Brasil.
1982 – Exposição de Artistas Açoreanos, Igreja da Graça, Ponta Delgada, Ilha de São Miguel, Açores.
1984 Artistas Açoreanos, Academia de Arte, Ponta Delgada, Ilha de São Miguel, Açores;
-Artistas Fotográficos em Portugal, Museu de Arte Contemporanea da U. S.P., São Paulo, Brasil.
1985 – Diálogo, Galeria Diferença, Lisboa;
I Bienal dos Açores e do Atlântico, Ponta Delgada, Ilha de São Miguel, Açores.
1986 – O Imaginário da Cidade, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa.
1988 – Fórum de Arte Contemporânea – Galeria Arco 8, Fórum Picoas, Lisboa.
1989 – IIº Fórum de Arte Contemporânea - Galeria Arco 8, Fórum Picoas, Lisboa;
- Meio Século de Artes os Açores, Horta, Ilha do Faial, Açores;
1991 – III Bienal da Arte dos Açores e Atlântico, Horta, Ilha do Faial, Açores.
1993 – V Bienal de Ecultura e Desenho, Caldas da Rainha;
- Orientations: Contemporary Art and Craft from Portugal, Foundation Akemi, Tóquio, Japão.
1994 – Anos de Ruptura – Uma perspectiva da Arte Portuguesa nos Anos 60, Palácio Galveias, Lisboa;
- Biombos, Giefarte, Lisboa;
- Acabamentos de Luxo, Associação de Arquitectos Portugueses, Lisboa.
1997 – Mediações – Interactivas, Palácio Galveias, Lisboa;
Perspectiva: Alternativa Zero, Fundação Serralves, Porto;
1998 – Arte Português desde 1960, Fundácion Pedro Barrié de la Maza, La Coruña, Espanha;
- Alternativa Zero – Tendenze Polemiche Dell’Arte Portoghese Nella Democracia, Palermo, Itália;
1999 – Bermuda National Gallery – Hamilton, Bermuda;
- Arte Portuguesa na Colecção da Fundação de Serralves, Museu de Serralves, Porto;
- Antes y Después de la Revolución – Vanguardias del Arte Português de los Anos 60 y 70 en la Coleccion de la Fundacion de Serralves, Fundacion Ico, Madrid;
- CIRCA 1968, Museu de Serralves, Porto.
2002 – Cem anos – Cem artistas, SNBA, Lisboa.
- Na paisagem, Colecção Fundação de Serralves, Museu de Serralves, Porto;
- Territórios Singulares na Colecção Berardo, Museu de Arte Moderna, Sintra.
2003 – Corpus, CCB, Lisboa;
- Diálogo (Ana Vieira, Patricia Garrido), Centro de arte de S. João da Madeira.
2004 – Diálogo (Ana Vieira, Patricia Garrido), Centro Cultural de Cascais, Cascais.
2006 – O Poder da Arte, Colecção de Serralves na Assembleia da Republica, Lisboa;
- Mulheres, 26 anos – Encontros de Fotografia, CAV, Coimbra.

Projectos
1980/81- Figurinos para a representação de “Gilgamesh” com adaptação de Pedro Tamen e encenação de Adolfa Gutkin, SNBA, Lisboa.
1984/87 – Projectos de montagem de exposições para o museu Nacional do Traje, Lisboa.
1985/86 – Cenários e figurinos para a apresentação de “Tuthankhamon e a Sua Rainha” de Adolfo Gutkin, grupo de Teatro Maizum, Lisboa.
1988 – Participação com o Arquitecto Victor Mestre no Concurso “ Dyrup/ Cidade de Lisboa”, destinado à reabilitação do elevador de Santa Justa e zona envolvente. O projecto obteve Menção Honrosa.
- Projecto de tenda para a celebração da Missa do Galo junto às ruínas da Igreja de São Paulo de Macau.
1992 – Projectos de luz, Arte Urbana, apresentados em Edimburgo e Lisboa94.
1993 – Biombo com rede metálica e ferro.
- Painel cerâmico para residência Particular em Lisboa.
1994 – Projecto para Lisboa, Capital europeia da Cultura.

Colecções
Centro de Arte Moderna / Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa.
Fundação de Serralves, Porto.
Museu de Sintra, Colecção Berardo, Sintra.
Musée Cantonal des Beaux-Arts, Lausanne.
Governo Regional dos Açores (Fundação Carmona e Costa).
Fundação E.D.P.
Fundação P.L.M.J.
Portugal Telecom.

Bibliografia
Carlos, Isabel, Sem Plinto nem Parede: Anos 70-90, in “História da Arte Portuguesa” (Direcção de Paulo Pereira), Círculo de Leitores, Lisboa, 1995.
França, José Augusto, A Arte e a Sociedade Portuguesa no século XX, Livros Horizonte, Lisboa, 1972.
Gonçalves, Rui Mário, 1968-1974, Nova Abstracção, Ambientes, Conceitos, in “História de Arte Portuguesa”, vol.13, Publicações Alfa, Lisboa, 1986.
Pintura e Escultura em Portugal, 1940-1980, Instituto de Cultura Portuguesa, Lisboa, 1980.
A Independência dos Artistas e as Novas Correntes Estéticas, in “Portugal Contemporâneo” (direcção de António Reis) Alfa, Lisboa, 1989.
Jorge, João Miguel Fernandes, Paisagem com Muitas Figuras, Assírio e Alvim, Lisboa, 1984.
Pinharanda, João, Alguns Corpos, Imagens da Arte Portuguesa entre 1950 e 1990, EDP.
Molder, Maria Filomena, Matérias Sensíveis, Relógio D’Agua, Lisboa, 2000.
Anamnese nº1 e nº2, F. Elídio Pinho.

Prémios
1985 -Iª Bienal dos Açores e do Atlântico.
1986/87 -Concurso Dyrup / Cidade de Lisboa (1ª fase) com o Arquitecto Victor Mestre.
1991 -
A.I.C.A. – Associação Internacional de Críticos de Arte / S.E.C. – Secretaria de Estado da Cultura

Nos Artistas Unidos:
2004 - CASA DESABITADA - Lisboa
2005 - CASA DESABITADA - Porto
2008 - IN/VISIBILIDADE (Porta 33. Funchal)
2009 - IN/VISIBILIDADE - Lisboa
2011 - ANA VIEIRA: e o que não é visto de Jorge Silva Melo.

Teatro da Politécnica

monica coelho prog ARTISTA DO MÊS
Mónica Coelho
a vertigem dos animais prog A VERTIGEM DOS ANIMAIS ANTES DO ABATE
de 13 de Setembro a 28 de Outubro
xana labirintoX001 prog LABIRINTO X001
de 13 de Setembro a 28 de Outubro
jardim zoologico de vidro 10 prog JARDIM ZOOLÓGICO DE VIDRO
de 8 a 18 de Novembro

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu e INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

jogadores de pau miro prog JOGADORES de Pau Miró
Na RTP2, 23 de Setembro às 22h00
jardim zoologico de vidro 10 prog JARDIM ZOOLÓGICO DE VIDRO
Na Guarda, no Teatro Municipal da Guarda a 4 de Novembro
Em Estarreja, no Cine-Teatro de Estarreja a 2 de Dezembro
Em Ponte de Lima, no Teatro Diogo Bernardes a 8 de Dezembro
a arte em imagens 1 A ARTE DAS IMAGENS
De janeiro de 2017 a janeiro de 2018 nos primeiros domingos de cada mês, às 15h30, a Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva exibe os filmes produzidos pelos Artistas Unidos sobre artistas plásticos.

Livrinhos de Teatro

assinaturas 2018 fundo

Assinaturas Livrinhos de Teatro 2018

Assinar »»

Subscrever Newsletter