ONDE VAMOS MORAR de José Maria Vieira Mendes

ondevamosmorar_a ONDE VAMOS MORAR de José Maria Vieira Mendes
Com Andreia Bento, Cecília Henriques, Pedro Carmo, Pedro Gil, Pedro Lacerda, Sérgio Godinho e Sílvia Filipe  Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves  Luz Pedro Domingos Encenação Jorge Silva Melo  Assistência de encenação Luís Godinho

Estreia no Convento das Mónicas a 10 de Abril de 2008
O SÃO LUIZ NOUTROS PALCOS
No Teatro Municipal de Portimão a 2 de Maio de 2009
No Teatro Viriato (Viseu) a 8 e 9 de Maio de 2009
No Centro Cultural Olga Cadaval (Sintra) a 15 de Maio 2009
No Teatro Virgínia (Torres Novas) a 16 de Maio de 2009
No TAGV(Coimbra) a  19 de Maio de 2009
No Teatro de Vila Real a 22 de Maio de 2009
No Teatro Municipal da Guarda a 29 de Maio de 2009
No Fórum Municipal Romeu Correia (Almada) a 30 e 31 de Maio de 2009
No Porto (Fitei/TNSJ) a 3 de Junho de 2009
A reposição do espectáculo em 2009 é uma co-produção São Luiz Teatro Municipal/Artistas Unidos

Na Antena 2 - 1ª transmissão a 7 de Julho de 2009 - no Espaço TEATRO SEM FIOS

O texto está publicado nos Livrinhos de Teatro, nº 24 dos Artistas Unidos.

ondevamosmorar_bDe novo pais e de novo filhos. Américo é o pai, doente e solitário. Vítor, o seu filho, casado com Gabriela que o deixa para partir em viagem. Patrícia, a irmã de Gabriela, vive na casa da infância, vazia agora que os pais morreram. Gustavo regressou depois de vinte anos fora do país e procura uma casa onde ficar e o pai que já há muito não via. Mas encontra apenas Vânia, a sua meia-irmã, que está ainda no princípio. E por último Mário, que trabalha como estafeta para uma florista incompetente que se engana sucessivamente na morada dos clientes.
Uma nova peça de José Maria Vieira Mendes, escrita para os AU. Sete personagens deambulam pelas suas histórias e cruzam-se umas com as outras, numa teia irregular e esburacada que a todos une. Gente que entra e sai numa cidade onde muita coisa se esconde ou não se vê, onde as ruas ficam desertas à noite e por onde passa um comboio que não se sabe para onde vai. Desencontros, partidas e abandonos. Uma peça sobre a morte, sim, o escuro, claro, mas também sobre a distância, o regresso, o esquecimento e a procura de uma morada.

GUSTAVO Tenho de comprar um mapa de jeito.
Pensava que me lembrava das ruas, mas nada.
Esta cidade engana

Teatro da Politécnica

ARTISTA DO MÊS fevereiro 18 prog ARTISTA DO MÊS
Maria Bernardino
9anos depois prog 9 ANOS DEPOIS a partir da Ilíada
de 13 a 17 de Fevereiro
dramaticulos prog DRAMATÍCULOS
de 22 a 24 de Fevereiro
O Teatro da Amante Inglesa prog O TEATRO DA AMANTE INGLESA
de 7 de Março a 14 de Abril

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu e INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

O GRANDE DIA DA BATALHA prog O GRANDE DIA DA BATALHA variações sobre o ALBERGUE NOCTURNO de Máximo Gorki
No Teatro Nacional D. Maria II de 18 de Janeiro a 25 de Fevereiro
fernando lemos prog FERNANDO LEMOS - Como, não é retrato?
Na Sala Polivalente do Museu Calouste Gulbenkian a 15 de Fevereiro às 18h30
fragil 1 prog FRÁGIL
Em Ponte de Sôr, no Teatro da Terra a 17 Fevereiro
Em Évora, n'A Bruxa Teatro a 2 de Março
Em Sobral de Monte Agraço, no CineTeatro Sobral a 28 de Abril
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
Na Biblioteca da Imprensa Nacional
2 de Abril - Adolfo Casais Monteiro por Jorge Silva Melo e Luís Lucas
9 de Maio - Gomes Leal por Jorge Silva Melo e Manuel Wiborg
EM VOZ ALTA prog EM VOZ ALTA os nossos poetas

Livrinhos de Teatro

capa114

SEM ALARDE
de Owen McCafferty
Livrinhos de Teatro nº114 Artistas Unidos/Cotovia

Livraria online »»

Subscrever Newsletter