SAMUEL BECKETT

samuel_beckett_a Nasceu em 1906 em Foxrock, perto de Dublin. De família burguesa e protestante, estudou francês e italiano no Trinity College de Dublin, foi professor em Paris, conheceu James Joyce, regressou à Irlanda em 1931, passou por Londres e pela Alemanha, voltou a Paris quando rebentou a guerra, fez parte da Resistência. É no pós-guerra que vive o período mais intenso da sua produção literária, com a escrita em francês e entre outros textos, da peça À Espera de Godot, de uma trilogia de romances e de quatro novelas (entre as quais Primeiro Amor). Depois começa a traduzir os seus textos para inglês e volta a escrever também nesta língua. Constrói uma obra dupla, bilingue, cada vez mais depurada. Recebe o Nobel em 1969, distribuindo o dinheiro pelos amigos. Morre em Paris em 1989. “Quanto mais longe ele vai mais bem me faz. Não quero filosofias, panfletos, dogmas, credos, saídas, verdades, respostas, nada a preço de saldo. Ele é o escritor mais corajoso e implacável que aí anda e quanto mais me esfrega o nariz na merda mais reconhecido lhe fico. Não se põe a gozar com a minha cara, não está a levar-me à certa, não me vem com piscadelas de olho, não me oferece um remédio nem um caminho nem uma revelação nem um balde cheio de migalhas, não me está a vender nada que não queira comprar, esta-se borrifando para se eu compro ou não, não tem a mão sobre o coração. Bom, vou comprar-lhe a mercadoria toda, de fio a pavio, porque ele espreita debaixo de cada pedra e não deixa nenhum verme sozinho. Faz nascer um corpo de beleza. A sua obra é bela”.
Harold Pinter, 1954

Do autor nos Livros Cotovia:
À Espera de Godot: Uma Tragicomédia em Dois Actos

Noutros Editores:
Primeiro Amor [seguido de] Companhia (Ambar)
Teatro de Samuel Beckett: À Espera de Godot: Fim de Festa: A Última Gravação (Arcádia)
Teatro (Contem os textos: À Espera de Godot/ Fim de Partida/ Acto Sem Palavras I/ Acto Sem Palavras II) (Arcádia)
Murphy (Assírio & Alvim) (Círculo de Leitores)
Novelas e textos para Nada (Assírio & Alvim)
O Inominável (Assírio & Alvim)
Últimos trabalhos de Samuel Beckett (Assírio & Alvim)
Watt (Assírio & Alvim)
Malone está a morrer (Dom Quixote)
Textos para Nada (Dom Quixote)
Dias Felizes (Editorial Estampa)
Pioravante Marche (Gradiva)
Primeiro Amor [seguido de] Eu não (Hiena)
Molloy (Relógio d’Água) (Presença)
Aquela Vez e Outros Textos
(Quasi)
Mal Visto Mal Dito (Quasi)
A Última Bobina (Teatro da Rainha)
Como é
(Ulisseia)

Nas Revistas Artistas Unidos:
Fazer Beckett: Uma Winnie que seja feliz - por Madalena Victorino (Revistas nº 3);
Estar vivo em palco - por Miguel Borges (Revistas nº 3).
O fenómeno de ruminação da linguagem em Jean-Luc Lagarce, Samuel Beckett e Harold Pinter - por David Bradby (Revista nº 20)

Nos Artistas Unidos:
2000
- À ESPERA DE GODOT, encenação de João Fiadeiro (A Capital Teatro Paulo Claro).
2001 - PRIMEIRO AMOR, um trabalho de Miguel Borges (A Capital Teatro Paulo Claro); DIAS FELIZES, encenação de Madalena Victorino (A Capital Teatro Paulo Claro).

Teatro da Politécnica

ARTISTA DO MÊS fevereiro 18 prog ARTISTA DO MÊS
Maria Bernardino
9anos depois prog 9 ANOS DEPOIS a partir da Ilíada
de 13 a 17 de Fevereiro
dramaticulos prog DRAMATÍCULOS
de 22 a 24 de Fevereiro
O Teatro da Amante Inglesa prog O TEATRO DA AMANTE INGLESA
de 7 de Março a 14 de Abril

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu e INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

O GRANDE DIA DA BATALHA prog O GRANDE DIA DA BATALHA variações sobre o ALBERGUE NOCTURNO de Máximo Gorki
No Teatro Nacional D. Maria II de 18 de Janeiro a 25 de Fevereiro
fernando lemos prog FERNANDO LEMOS - Como, não é retrato?
Na Sala Polivalente do Museu Calouste Gulbenkian a 15 de Fevereiro às 18h30
fragil 1 prog FRÁGIL
Em Ponte de Sôr, no Teatro da Terra a 17 Fevereiro
Em Évora, n'A Bruxa Teatro a 2 de Março
Em Sobral de Monte Agraço, no CineTeatro Sobral a 28 de Abril
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
Na Biblioteca da Imprensa Nacional
2 de Abril - Adolfo Casais Monteiro por Jorge Silva Melo e Luís Lucas
9 de Maio - Gomes Leal por Jorge Silva Melo e Manuel Wiborg
EM VOZ ALTA prog EM VOZ ALTA os nossos poetas

Livrinhos de Teatro

capa114

SEM ALARDE
de Owen McCafferty
Livrinhos de Teatro nº114 Artistas Unidos/Cotovia

Livraria online »»

Subscrever Newsletter