TIM CROUCH

tim_crouch_aTim Crouch é escritor, actor e professor. Fundou o Public Parts Theatre com a sua mulher, Julia Collins, com quem trabalhou em oito espectáculos, incluindo uma adaptação de The Good Soldier de Ford Madox Ford. A sua primeira peça, O Meu Braço, estreou no Traverse Theatre durante o Festival de Edimburgo de 2003. Desde então, teve carreiras em Nova Iorque e Londres e andou em digressão pela Europa e América do Norte. O espectáculo foi apresentado em Lisboa, na Culturgest, a 2 e 3 de Julho de 2004 em colaboração com os Artistas Unidos, que editaram o texto na Revista Nº 10. A peça seguinte, Um Carvalho, estreou em Edimburgo no Verão de 2005. Esteve em digressão pela Europa em 2006 (com passagem pela Culturgest) e terminou o ano em Nova Iorque. Pela sua interpretação nesta peça, Tim Crouch recebeu o prémio de Melhor Actor no Festival de Brighton, em 2006. Inglaterra estreou em Agosto de 2007 em Edimburgo, onde recebeu três prémios: um Fringe First, um Herald Archangel e um Total Theatre Award. O Autor estreou, com enorme sucesso, em 2009 no Royal Court e fez digressão no Verão/Outono de 2010. Desde 2003, Tim Crouch completou igualmente uma trilogia de encomendas shakespeareanas para um público jovem, feitas pelo Festival de Brighton: I Caliban, I Peaseblossom e I Banquo. Em conjunto, as peças a partir destas três personagens secundárias chamam-se fairymonsterghost. Tim Crouch escreveu ainda Kaspar The Wild para o Theatre Royal de Plymouth e o Polka Children’s Theatre. Tim Crouch foi actor e fundador do grupo de teatro de Bristol Public Parts. Entrou ainda em Light Shining in Buckinghamshire de Caryl Churchill, A Boa alma de Sé-Chuão de Brecht, Endgame de Beckett, todos para o National Theatre. Com a Franklin Stage Company de Nova Iorque fez Shakespeare (Malvolio na Noite de Reis, Petruchio na Fera Amansada e Próspero n’ A Tempestade) e Tchékov (Vânia no Tio Vânia). Mais informações em www.timcrouchtheatre.co.uk.

Do autor nos Livrinhos de Teatro:
Um Carvalho/ Inglaterra (nº 32)
O Autor (nº 51)

Nas Revistas Artistas Unidos:
Tim Crouch: Introdução a O Meu Braço (Revista nº 10)
O Meu Braço
(Revista nº 10)

Nos Artistas Unidos:
2004 -
MY ARM de Tim Crouch (Culturgest / Teatro Taborda).

Teatro da Politécnica

pista prog ARTISTA DO MÊS
Luísa Abreu
a vertigem dos animais prog A VERTIGEM DOS ANIMAIS ANTES DO ABATE
de 13 de Setembro a 28 de Outubro
xana labirintoX001 prog LABIRINTO X001
de 13 de Setembro a 28 de Outubro

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu e INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

não me lembro de nada de arthur miller prog NÃO ME LEMBRO DE NADA
Na Antena 2, Teatro Sem Fios, 4 de Julho às 19h00 (repetição a 1 de Agosto às 21h00)
tenho trinta anos prog TENHO TRINTA ANOS, ESTOU NA CADEIA HÁ QUATRO
No Jardim de Verão da Fundação Calouste Gulbenkian, 7 de Julho às 19h00

a arte em imagens 1 A ARTE DAS IMAGENS
De janeiro de 2017 a janeiro de 2018 nos primeiros domingos de cada mês, às 15h30, a Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva exibe os filmes produzidos pelos Artistas Unidos sobre artistas plásticos.

Livrinhos de Teatro

capa103 FARMÁCIA DE SERVIÇO e outras peças em um acto
de Eduardo de Filippo
Livrinhos de Teatro nº 103 Artistas Unidos / Cotovia
Livraria online »»

Subscrever Newsletter