DAVID MOURÃO-FERREIRA

David Mourão-Ferreira nasceu em Lisboa, em 1927. Em 1951, licencia-se em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Autor polifacetado, a sua obra reparte-se pela poesia, pelo ensaio, pela crítica literária, pela tradução, pelo romance, pelo jornalismo. Os seus primeiros poemas são publicados na Seara Nova, na década de 1940, embora seja com a revista Távola Redonda, na década seguinte, que a sua criação poética ganha fôlego. Os seus poemas Sombra, Maria Lisboa ou Barco Negro ganharam notoriedade ao serem cantados por Amália Rodrigues. Foi ainda Secretário de Estado da Cultura entre 1976 e 1979, dirigiu a Revista Colóquio Letras e foi director do Serviço de Bibliotecas Itinerantes da Calouste Gulbenkian. Morreu em Lisboa, em 1996.

Teatro da Politécnica

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, 212473972, www.bol.pt, Fnac, Worten, CTT, El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, Serveasy, Pagaqui. Para INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
Biblioteca da Imprensa Nacional (Rua da Escola Politécnica)

20 de Maio – Pedro Tamen por Jorge Silva Melo e Luís Lucas
23 de Setembro – Mário Cesariny por Maria João Luís e Jorge Silva Melo
11 de Novembro – José Gomes Ferreira por João Meireles (distribuição em curso)

EM VOZ ALTA prog EM VOZ ALTA
os nossos poetas leituras de poesia portuguesa pelos Artistas Unidos

Livrinhos de Teatro

K 124 Enda W

BALLYTURK
de Enda Walsh
Livrinhos de Teatro nº 124 Artistas Unidos/Cotovia

Livraria online »»

Subscrever Newsletter