DAVID GREIG

david_greig_a

Dramaturgo e encenador nasceu em Edimburgo em 1969. Cresceu na Nigéria. Estudou Inglês e Drama na Universidade de Bristol. Foi co-fundador, com Graham Eatough, em 1990, da Suspect Culture, uma das mais inovadoras companhias do Reino Unido. Tem sido representado em Espanha, Alemanha ou França. Escritor residente da Royal Shakespeare Company entre 1996 e 97. Além de trabalhar em projectos para rádio, televisão e cinema, tem tido encomendas do Royal Court Theatre, do Royal National Theatre (Studio), da Royal Shakespeare Company ou do National Theatre of Scotland. Das suas peças destacam-se Europa (1994), One Way Street (1995), The Architect (1996), A Última Mensagem do Cosmonauta para a mulher que um dia amou na antiga União Soviética (1999), Victoria (2000), Outlying Islands (2002), San Diego (2003), The American Pilot (2005), Pyrenees (2005), Herges Adventures of Tintin (2006) ou Damascus (2007). A sua estreia em Portugal deve-se à Teatroesfera que apresentou, em 2009, Ilhas Distantes, em tradução de Hugo Bettencourt e encenação de João Craveiro.

Do autor nos Livrinhos de Teatro:
Cantigas de uma Noite de Verão (uma peça de amores e desamores) e outras peças (nº 41) (contém também os textos Lua Amarela (A balada de Leila e Lee)/ Dudas em a Aventura de Dudas e o Relojoeiro)

Do autor nas Revistas Artistas Unidos:
Europa
(Revista nº 6)
A última mensagem do cosmonauta para a mulher que um dia amou na antiga União Soviética
(Revista nº 6)
O Teatro que veio da Escócia: Mesa redonda n’A Capital durante as leituras de teatro escocês contemporâneo (com o autor e Katherine Mendelsohn, Stephen Greenhorn, David Harrower e Duncan McLean) (Revista nº 7)
San Diego
, (Revista nº 9)
David Greig: Radiação Teatral (Revista nº 9)

Nos Artistas Unidos:
2001 - LEITURAS O TEATRO QUE VEM DA ESCÓCIA (n’A Capital / Teatro Paulo Claro).
2002 - SEMINÁRIO DO TRAVERSE THEATRE (Instalações do British Council).
2003 - SAN DIEGO (Galeria da Mitra).
2010 - CANTIGAS DE UMA NOITE DE VERÃO (Uma peça de amores e desencontros) de David Grieg e Gordon McIntyre, encenação de Francisca Aarflot (Teatro da Trindade).

Teatro da Politécnica

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.bol.pt, Fnac, Worten, CTT, El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, Serveasy, Pagaqui. Para INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

fragil 1 prog FRÁGIL
Em Sobral de Monte Agraço, no CineTeatro Sobral a 28 de Abril
Em Sintra, no Chão de Oliva a 4 e 5 de Maio
Em Aveiro, no Teatro Gretua a 8 e 9 de Junho

o rapaz de ucello prog

O RAPAZ DE UCELLO ou aquilo que nunca perguntei ao Álvaro Lapa
No Porto, no Auditório de Serralves, 6 de Maio às 18h00

O Teatro da Amante Inglesa prog O TEATRO DA AMANTE INGLESA
Em Évora, n’A Bruxa Teatro a 11 e 12 de Maio
Em Alverca, no Teatro Estúdio Ildefonso Valério a 26 de Maio
Em Setúbal, no Fórum Luísa Todi a 29 de Agosto
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
Na Biblioteca da Imprensa Nacional
7 de Maio - Gomes Leal por Jorge Silva Melo e Manuel Wiborg
fernando lemos prog FERNANDO LEMOS - como? Não é retrato?
de Jorge Silva Melo
Na RTP2, 9 de Maio às 23h15
EM VOZ ALTA prog EM VOZ ALTA os nossos poetas

Livrinhos de Teatro

capa115

O TEATRO DA AMANTE INGLESA
de Marguerite Duras
Livrinhos de Teatro nº 115 Artistas Unidos/Cotovia

Livraria online »»

Subscrever Newsletter