ANDRÉ PIRES

É membro fundador da Locomotivo, do grupo de teatro-circo Plot e do Pé Antemão. Foi baterista dos R.E.F., fez os arranjos e a direcção musical de PARECE QUE O TEMPO VOA e fez a música de SONS DE FOGO do grupo Tratamento Completo, de que foi percussionista. No teatro trabalhou com Manuel Wiborg, Miguel Hurst, Rissério Salgado, Solveig Nordlund e João Meireles. Recentemente criou o som do espectáculo EXISTÊNCIA de João Fiadeiro.

Nos Artistas Unidos:
2001 - FALTA de Sarah Kane, encenação de Jorge Silva Melo (Espaço A Capital); O MEU BLACKIE de Arne Sierens, encenação de Cláudio da Silva (Espaço A Capital); OS IRMÃOS GEBOERS de Arne Sierens, encenação de Jorge Silva Melo (Espaço A Capital);
E DEPOIS (BAL TRAP) de Xavier Durringer, encenação de Gilles Lefeuvre- Kiraly (Espaço A Capital).
2002 - O AMANTE de Harold Pinter, encenação de Jorge Silva Melo; MOUCHETTE de Arne Sierens, encenação de Pedro Carraca; TRAIÇÕES de Harold Pinter, encenação de Solveig Nordlund (CCB/ Espaço A Capital); A COLECÇÃO de Harold Pinter. Encenação de Artur Ramos (CCB/ Espaço A Capital); O ENCARREGADO, de Harold Pinter, encenação de João Meireles (Culturgest).
2003 - BAAL de Bertolt Brecht, encenação de Jorge Silva Melo; A FESTA de Spiro Scimone, um trabalho de Miguel Borges e Américo Silva - Citemor/ Teatro Taborda; VICTORIA STATION, de Harold Pinter, um trabalho de Rogério Vieira e António Simão - Teatro Taborda; T1 de José Maria Vieira Mendes, encenação de Jorge Silva Melo - Teatro Taborda. CADA DIA A CADA UM A LIBERDADE E O REINO, encenação de Jorge Silva Melo - Sala do Senado da Assembleia da República; CICATRIZES, de Anthony Neilson, encenação de Pedro Marques - Teatro Taborda; O CARACAL, de Judith Herzberg, encenação de Alberto Seixas Santos - Teatro Taborda; VIVE QUEM VIVE, de Jacques Prévert, um trabalho de António Simão e Joana Bárcia - Teatro Taborda.
2004 - TERRORISMO dos Irmãos Presniakov, encenação de Jorge Silva Melo - Teatro Taborda; A NOITE CANTA OS SEUS CANTOS, de Jon Fosse, encenação de João Fiadeiro - Teatro Taborda; O AMOR DE FEDRA, de Sarah Kane, encenação de Jorge Silva Melo - CCB/ Teatro Taborda.
2005 - MARCADO PELO TIPEX de Antonio Onetti, encenação de João Meireles; INVERNO de Jon Fosse, encenação de Jorge Silva Melo.
2007 - DISCO PIGS de Enda Walsh, encenação de Franzisca Aarflot (Sociedade Guilherme Cossoul).
2008 - ÚLTIMAS PALAVRAS DO GORILA ALBINO de Juan Mayorga (Convento das Mónicas).
2014 - GATA EM TELHADO DE ZINCO QUENTE de Tennessee Williams, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Viriato).

Teatro da Politécnica

pista prog ARTISTA DO MÊS
Luísa Abreu
SÉRGIO POMBO AGORA prog SÉRGIO POMBO AGORA
de 18 de Abril a 3 de Junho
o cinema 5 prog O CINEMA
de 3 de Maio a 3 de Junho

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu e INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

na margem de la prog NA MARGEM DE LÁ - UM LAMENTO
Na Sala Estúdio do Teatro Nacional D. Maria II de 25 a 28 de Maio
jardim zoologico de vidro 10 prog JARDIM ZOOLÓGICO DE VIDRO
Em Castelo Branco, no Cine-Teatro Avenida, a 16 de Junho às 18h30
Na Póvoa de Varzim, no Cine-Teatro Garrett, 3 de Junho às 22h00

Livrinhos de Teatro

capa103 FARMÁCIA DE SERVIÇO e outras peças em um acto
de Eduardo de Filippo
Livrinhos de Teatro nº 103 Artistas Unidos / Cotovia
Livraria online »»

Subscrever Newsletter