VAI VIR ALGUÉM de Jon Fosse

vai_vir_a VAI VIR ALGUÉM de Jon Fosse
Tradução Solveig Nordlund e José Maria Vieira Mendes Com Isabel Muñoz Cardoso, Diogo Dória e Paulo Claro Cenografia e figurinos Rita Lopes Alves com a colaboração de Isabel Nogueira e José Manuel Reis Luz Pedro Domingos Encenação Solveig Nordlund

Estreia Espaço A Capital/ Teatro Paulo Claro, 4 de Fevereiro de 2000

O texto está publicado na Revista nº 2 dos Artistas Unidos

"ELA Só sei que vai vir alguém
Tu queres que alguém venha
Tu preferes estar com outras pessoas do que comigo
Tu preferes estar com outras pessoas vai vir alguém"
Jon Fosse,
Vai Vir Alguém

VAI VIR ALGUÉM: Um homem e uma mulher. Só querem estar um com o outro. Por isso deixam a cidade e compram uma casa isolado ao pé do mar. Mas isso será possível? Não virá ninguém? Porque vai vir alguém, dizem. É então que aparece o rapaz que lhes vendeu a casa.

vai_vir_b"Das suas peças emana uma luz. Uma luz muito particular que lembra a dos pintores escandinavos, Munch, por exemplo. Uma luz branca como acontece nos eclipes, mas uma luz que desenha com nitidez os contornos dos objectos e das personagens, Contradição? Não. Porque a ausência de luz corresponde a uma outra ausência: o número dos personagens é sempre pequeno: são dois, três, quando muito quatro. Aumenta a concentração, agudiza-se a percepção porque um terceiro fenómeno aparece: e é a dimensão do tempo. O tempo parece ter parado no universo de Fosse. A linguagem simples e repetitiva revela a solidão profunda dos homens. A ausência de luz, o isolamento no espaço e o tempo quieto transformam as peças de Jon Fosse em instantes de grande recolhimento e essa é a finalidade confessa do autor " criar momentos em que um anjo passa."
Terje Sinding

Teatro da Politécnica

ARTISTA DO MÊS fevereiro 18 prog ARTISTA DO MÊS
Maria Bernardino
9anos depois prog 9 ANOS DEPOIS a partir da Ilíada
de 13 a 17 de Fevereiro
dramaticulos prog DRAMATÍCULOS
de 22 a 24 de Fevereiro
O Teatro da Amante Inglesa prog O TEATRO DA AMANTE INGLESA
de 7 de Março a 14 de Abril

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu e INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

O GRANDE DIA DA BATALHA prog O GRANDE DIA DA BATALHA variações sobre o ALBERGUE NOCTURNO de Máximo Gorki
No Teatro Nacional D. Maria II de 18 de Janeiro a 25 de Fevereiro
fernando lemos prog FERNANDO LEMOS - Como, não é retrato?
Na Sala Polivalente do Museu Calouste Gulbenkian a 15 de Fevereiro às 18h30
fragil 1 prog FRÁGIL
Em Ponte de Sôr, no Teatro da Terra a 17 Fevereiro
Em Évora, n'A Bruxa Teatro a 2 de Março
Em Sobral de Monte Agraço, no CineTeatro Sobral a 28 de Abril
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
Na Biblioteca da Imprensa Nacional
2 de Abril - Adolfo Casais Monteiro por Jorge Silva Melo e Luís Lucas
9 de Maio - Gomes Leal por Jorge Silva Melo e Manuel Wiborg
EM VOZ ALTA prog EM VOZ ALTA os nossos poetas

Livrinhos de Teatro

capa114

SEM ALARDE
de Owen McCafferty
Livrinhos de Teatro nº114 Artistas Unidos/Cotovia

Livraria online »»

Subscrever Newsletter