LEITURAS

A partir do momento em que chegámos ao espaço a Capital, quisemos criar um espaço onde se dava a ouvir regularmente, em leituras encenadas, textos que ainda não sabíamos que iríamos fazer ou textos que não iríamos encenar ou que tinham apenas a ver com aquilo que estávamos a fazer à noite. Começámos a fazê-lo às 19h das 4as feiras. E depois, complicaram-se as coisas. Foi nas Leituras que começámos a fazer Sarah Kane. Ou que experimentámos as traduções do teatro de Judith Herzberg.

HISTÓRIAS DO SR. KEUNER de Bertolt Brecht lido por João Meireles nos dias 8,15, 23 , 29 de Março e 5 de Abril de 2000. "Em que é que está a trabalhar?" perguntaram um dia ao senhor K. e o senhor K. respondeu "Ando ocupado. Estou a preparar o meu próximo erro."

AGÁ O PIOLHO de Mark O´Rowe (tradução de Francisco Parreira), lido por António Simão e Gustavo Sumpta de 23 a 28 de Março de 2000. O espectáculo estreou a 4 de Maio de 2000 n´a Capital.

AJAX POR EXEMPLO, A MORTE DE SÉNECA e O BLOCO DE MOMMSEN de Heiner Müller (tradução de João Barrento) lidos por Jorge Silva Melo nos dias 12,19 e 26 de Abril de 2000.

RUÍNAS (BLASTED) de Sarah Kane (tradução de Pedro Marques), lido por Diogo Dória, Isabel Abreu, Paulo Claro nos dias 3 e 10 de Maio de 2000. O espectáculo estreou a 26 de Outubro de 2000 4 n´a Capital.

FALTA (CRAVE) de Sarah Kane (tradução de Pedro Marques), lido por Manuel Wiborg, Ivo Canelas, Sylvie Rocha e Isabel Muñoz Cardoso nos dias 17 e 24 de Maio de 2000. Uma leitura feita pelos Artistas Unidos e os Actores Produtores Associados. O espectáculo estreou a 18 de Janeiro de 2001 n´a Capital. ...

E DEPOIS SILÊNCIO de Rui Guilherme Lopes, lido por Cláudio da Silva, Isabel Muñoz Cardoso, João Meireles e Américo Silva nos dias 18 e 25 de Outubro de 2000.

O AMOR DE FEDRA de Sarah Kane (tradução de Pedro Marques) lido por Isabel Muñoz Cardoso, Gracinda Nave, Carla Bolito, José Airosa, João Saboga e Vítor Correia nos dias 6 e 13 de Dezembro de 2000.

PURIFICADOS (CLEANSED) de Sarah Kane (tradução de Pedro Marques), lido por Gracinda Nave, Miguel Borges, Pedro Carraca, Joana Bárcia, José Airosa, Cláudio da Silva e Américo Silva, nos dias 10 e 17 de Janeiro de 2001.

4.48 PSICOSE de Sarah Kane (tradução de Pedro Marques), lido por Miguel Borges e Gracinda Nave nos dias 24 e 31 de Janeiro de 2001. O espectáculo estreou a 18 de Outubro de 2001 n'a Capital.

27 de Janeiro de 2001: 1º aniversário d'a Capital: Todo o teatro de Sarah Kane: RUÍNAS, PURIFICADOS, AMOR DE FEDRA, FALTA e 4.48 PSICOSE em traduções de Pedro Marques, lidas por pelos actores Gracinda Nave, Cláudio da Silva, José Airosa, Isabel Muñoz Cardoso, João Saboga, Carla Bolito, Paula Diogo, Vítor Correia, Pedro Carraca, Miguel Borges, Joana Bárcia, Américo Silva, Paulo Claro, João Meireles e Jorge Silva Melo,

JACQUES REBOTIER lê LITANIQUES e BRÈVES com a colaboração de Élise Caron nos dias 23 e 24 de Fevereiro. Uma iniciativa do Instituto Franco-Português. "Gosto de trabalhar no caos, ter muitos estaleiros ao mesmo tempo" Jacques Rebotier

REVISTA DiVERSOS 5 lida por Jorge Silva Melo e Sylvie Rocha no dia 7 de Março. DiVersos é uma revista semestral de poesia e tradução coordenada por quatro tradutores profissionais e também poetas residentes em Bruxelas, e apresenta em cada número poetas de língua portuguesa conhecidos e inéditos e traduções de poesia de diversas línguas, grego moderno, alemão, inglês, francês, italiano, espanhol e, em breve, neerlandês, sueco, polaco e outras. No nº 5 publicam-se poemas inéditos de Fiama Hasse Pais Brandão, Jorge Silva Melo, Aurélio Porto, Nicolau Saião e traduções de Primo Levi, Shakespeare, Octavo Paz, Arquíloco, Demóstenes, Agrafiotis.

O MEU BLACKIE, OS IRMÃOS GEBOERS, O BATERISTA e MOUCHETTE - as leituras tiveram lugar no Teatro Municipal de Almada nos dias 10, 11 e 12 de Julho e no Centro Cultural de Belém no dia 14 de Julho. Encontro com Arne Sierens - Debate moderado por Francisco Frazão, José Maria Vieira Mendes e Jorge Silva Melo que contou com a presença do autor e que teve lugar no Teatro Municipal de Almada - Sala Virgílio Martinho e na Sala de Ensaio do Centro Cultural de Belém. Nos dias 13 e 14 de Julho de 2001.

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA de Harold Pinter - tradução de Pedro Marques - pelos actores Joana Bárcia e Jorge Silva Melo (estreia mundial no mesmo dia no National Theatre de Londres) 8 e 9 de Fevereiro de 2002. Realizou-se ainda uma sessão no dia 27 de Março no Rivoli integrado num encontro sobre Harold Pinter, com a participação de Paulo Eduardo Carvalho, Pedro Marques, Rosa Quiroga, João Cardoso, Rute Pimenta, Paulo Freixinho, Jorge Silva Melo, Jorge Mota e Mário Santos ( Chá das Seis).

Teatro da Politécnica

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu e INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

jardim zoologico de vidro 10 prog JARDIM ZOOLÓGICO DE VIDRO
Em Estarreja, no Cine-Teatro de Estarreja a 2 de Dezembro
Em Ponte de Lima, no Teatro Diogo Bernardes a 8 de Dezembro
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
Na Biblioteca da Imprensa Nacional
5 de Fevereiro de 2018: Alberto de Lacerda por Jorge Silva Melo e Nuno
2 de Abril de 2018: Adolfo Casais Monteiro por Jorge Silva Melo e Luís Lucas
9 de Maio de 2018: Gomes Leal por Jorge Silva Melo e Manuel Wiborg
a arte em imagens 1 A ARTE DAS IMAGENS
De janeiro de 2017 a janeiro de 2018 nos primeiros domingos de cada mês, às 15h30, a Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva exibe os filmes produzidos pelos Artistas Unidos sobre artistas plásticos.

Livrinhos de Teatro

assinaturas 2018 fundo

Assinaturas Livrinhos de Teatro 2018

Assinar »»

Subscrever Newsletter