CÃO MORTO EM TINTURARIA: OS FORTES E OUTRAS PEÇAS

de Angélica Liddell

Tradução Joana Frazão e Raquel Marques
Livrinhos de Teatro nº 44 Artistas Unidos / Livros Cotovia

O problema central parece ser como construir ficções teatrais onde caiba a tragédia contemporânea, feita tanto do dia-a-dia em Espanha como das notícias de horrores no estrangeiro. Que ritual cénico pode reproduzir algum tipo de pasmo, e através de que convenções? Liddel oferece-se a si mesma como bode sacrificial, ao mesmo tempo que mostra o que pode acontecer a qualquer um de nós. As suas tragédias não se referem a heróis muito menos a semi-deuses, mas a vários casos banais - e é a banalidade da violência que horroriza.
Jorge Louraço Figueira, Público

Esgotado

L44